Está sofrendo com muitas dívidas? Veja 7 dicas para evitá-las!

0
4987
Publicidade

A princípio, ter milhares de dívidas sempre foi algo muito comum para o povo brasileiro, e com o aumento do preço dos alimentos, combustível, entre outras coisas, as dívidas vem aumentando mais ainda, e o pior disso tudo é que as pessoas não conseguem se livrar desse mal, a maré não abaixa e o afogamento é constante..

Atualmente, você vai no mercado fazer a compra do mês, e os alimentos estão com um valor absurdo, até o simples arroz e feijão estão o olho da cara, em qualquer estabelecimento. E não para por aí, a carne que não pode faltar no prato do brasileiro, não passa de 20R$ o quilo! A situação é desesperadora.

Não tem quase nada em oferta nas prateleiras do supermercado, coisas do dia a dia, que é necessário utilizar, como produtos de limpeza, não ficam para trás e entram na lista de produtos que estão com preços nas alturas. 

Publicidade

Como não bastasse o sofrimento nas compras do mês, as população tem sofrido na hora de abastecer o carro também, o preço da gasolina subiu bastante nos últimos meses, em alguns postos, o litro do combustível chega na casa dos R $5,12 reais. Imagina quem possui um automóvel, toda semana ser obrigado a abastecê – lo, metade do salário vai embora só com gasto em combustível. 

A princípio, por causa desses fatores, é quase impossível não se afogar em dívidas, principalmente para quem tem uma renda muito baixa e uma família muito grande para sustentar. E a situação só piora quando quem passa por isso, gasta mais que o normal. 

Porém, nem tudo são espinhos, é possível se livrar das dívidas ou pelo menos controlá-las, mesmo você ganhando um salário baixo. Descubra como nas dicas que daremos a seguir! 

Veja a seguir 7 dicas para jogar as dívidas para escanteio! 

Estude sobre educação financeira

Vivendo a educação financeira – (Reprodução: Pixabay)

A princípio, um fator que pode te ajudar e muito se livrar das dívidas ou pelo menos diminuí-las é estudar sobre educação financeira. Muitos pensam que estudar sobre finanças é perda de tempo, que não leva a lugar nenhum, mas, não é bem assim que funciona. 

Publicidade

Traçar metas de quanto você pode gastar no mês, te ajuda e muito a não se afogar em um mar de dívidas, muitas pessoas se endividam por pura falta de planejamento financeiro. E a desculpa de receber um salário baixo é só balela, um bom planejamento muda todo o cenário. 

Se você não sabe onde encontrar conteúdos sobre educação financeira, use o Google para te ajudar, nele tem milhares de assuntos um melhor que o outro. O Youtube é outra grande ferramenta que é possível encontrar informações sobre o tema. 

Tente negociar suas dívidas

Negociando dívidas – (Reprodução Pixabay)

Se você olha para um lado, olha para o outro e só avista dívidas, precisa urgentemente fazer alguma coisa para mudar esse cenário assombroso, ou a coisa só vai piorar cada vez mais.. 

Uma dica é tentar renegociar essas dívidas. Se você deve um valor muito alto para um banco, por exemplo, explique a sua situação para os responsáveis do banco e tente encontrar uma forma mais fácil de se livrar do problema. 

Por incrível que pareça, em alguns bancos famosos, como Itaú, Bradesco, Santander, eles até perdoam as dívidas, é raro, mas acontece em alguns casos, não custa tentar conversar com a instituição. 

Anote tudo o que você gasta no dia a dia

Anotando os gastos – (Reprodução Pixabay)

A princípio, outro método que pode te ajudar a controlar as dívidas, é anotar tudo em um papel o que você gasta no dia a dia. Isso seria uma forma de você ter um controle maior dos seus gastos, assim, não fica aquela bagunça toda. 

Para ficar mais fácil ainda, se você não curtir fazer as anotações em um caderno, use o bloco de notas do seu próprio celular, se preferir ir mais afundo ainda, crie uma planilha profissional no excel. Seguindo esses passos, suas dívidas vão desaparecer de vez ou ficarão super controladas.

Publicidade

Guarde um pouco do seu salário todo mês

Cofrinho – (Reprodução Istock)

Procure sempre guardar um pouco do seu salário mensal, nem que seja R$50 reais, faça isso todo santo mês, sem falhar, assim quando a coisa apertar você terá um ponto de fuga. Quando você for estudar sobre educação financeira, os especialistas vão falar muito sobre isso. Abrir uma poupança e guardar um pouco do seu salário, é só o começo para ter uma vida financeira mais equilibrada. 

A princípio, eu sei que falar é fácil, nem todo mundo tem condições de guardar um pouco de dinheiro todo mês. Mas, pensa,  eu tenho quase certeza que você usufrui uma boa parte do seu salário para gastar com coisas insignificantes. É só parar com isso! 

Pague as dívidas que contêm juros altíssimos

Juros altos – (Reprodução Istock)

Você precisa colocar na sua cabeça, que é necessário se livrar das dívidas que contêm juros muito altos, procure pagar essas pendências primeiro. Na maioria das vezes, se você enrola para pagar dívidas que possuem muitos juros, a coisa só piora dia após dia. 

Uma outra dica, é que se a sua situação estiver muito apertada, é você pedir ajuda para algum familiar ou amigo próximo. Peça para ele te emprestar um dinheiro para pagar essas dívidas. Porém, fale para a pessoa te cobrar só quando a sua situação financeira melhorar. 

Corte os gastos com coisas desnecessárias

Cortando gastos – (Reprodução Saúde Business)

Essa dica é repetitiva, eu sei disso. Mas, é de suma importância você parar de gastar o seu dinheiro com produtos desnecessários. Muitas pessoas fazem isso, compram coisas que na maioria das vezes elas nem utilizam, e aí, as dívidas só crescem de tamanho. 

Corte os seus gastos. Grave isso na sua memória! A sua vida financeira só vai mudar da água para o vinho, se você usar o seu dinheiro só para coisas utéis. 

Procure comprar só a vista

Comprando a vista -(Reprodução Istock)

Por fim, nossa última dica para você se livrar das dívidas, é comprar as suas coisas à vista. Evite fazer compras com o cartão de crédito, esse é um dos fatores que te jogam em um endividamento infinito.

O que você achou deste artigo? Gostou? Deixe sua opinião nos comentários.. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui