Bradesco anuncia sua primeira nota de crédito tokenizada

0
850
Publicidade

O Bradesco, segundo maior banco privado do Brasil, emitiu a primeira cédula com código de cores, estabelecendo um novo e decisivo recorde no setor bancário do país.

Publicidade

O sandbox regulatório do Banco Central do Brasil foi usado pelo banco para realizar a transação, que custou R$ 10 milhões (US$ 1,95 milhão) e foi a primeira atividade de token do mercado financeiro sob sua supervisão, informou a empresa em comunicado.

Publicidade

Recentemente, vários bancos entraram na indústria brasileira de tokenização. O Santander emitiu um título simbólico para a Indigo, uma empresa de administração de estacionamentos, em dezembro no valor de R$ 40 milhões (cerca de US$ 7,8 milhões) como parte do fundo de proteção do Banco Central do Brasil.

Publicidade

O maior banco privado do Brasil, o Itaú Unibanco, anunciou a abertura da Itaú Digital Assets, sua plataforma de tokenização, em julho de 2022. A empresa oferece custódia de criptomoedas e Produtos de Serviço (TaaS), além da tokenização.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui